Gorilas do Uganda fazem amigos na Internet

sábado, 26 de setembro de 2009 16:00 BRT
 

Por Hereward Holland

PARQUE NACIONAL IMPENETRÁVEL DE BWINDI, Uganda (Reuters) - À espreita na intensa névoa de uma floresta no leste da África, gorilas das montanhas de Uganda estão se preprarando para "twitar" pela sua sobrevivência.

Com o lançamento da campanha "Amigo Gorila" no sábado, fãs poderão em breve acompanhar pela Internet o drama de poucos dos 720 gorilas restantes na montanha, longe de insetos, lama e chuvas tropicais típicas de seu habitat.

Quando o site friendeagorilla.org começar a funcionar, usuários terão acesso a vídeos, imagens e blogs de guardas-florestais por meio de sites como o Facebook e o Twitter, afirmou Moses Mapesa Wafula, chefe da Autoridade de Animais Selvagens do Uganda (UWA, na sigla em inglês).

Eles também poderão acompanhar os novos amigos por meio de um satélite rastreador.

"Pagando um dólar para o Amigo Gorila, todos contribuem para a preservação da espécie deles", disse Wafula.

Nem todos podem pagar 500 dólares por um tour na região dos gorilas, mas as antenas de fibra ótica tornarão possível para qualquer um ver uma mãe cuidando do filho e machos jovens lutando pelo domínio de território.

A receita de turistas representa para a Uganda a segunda maior fonte de recursos estrangeiros.