29 de Setembro de 2009 / às 12:45 / 8 anos atrás

Taiwan permitirá que fabricante de chips compre rivais chinesas

Por Argin Chang

TAIPÉ, 29 de setembro (Reuters) - Taiwan permitirá que fabricantes de chips terceirizadas e companhias fabricantes de painéis para telas planas comprem rivais na China, medida que analistas dizem que ajudará a consolidar a liderança da TSMC e da UMC no segmento de semicondutores, afirmou uma autoridade do governo nesta terça-feira.

Taiwan e China forjaram laços comerciais desde que o presidente da ilha, Ma Ying-jeou, assumiu o cargo em maio de 2008. Os governos assinaram acordos para expandir os setores de turismo e transportes.

Um memorando de entendimento para autorizar maior investimento na indústria de serviços financeiros também é previsto em breve.

Companhias taiuanesas, incluindo AU Optronics, TSMC e UMC, pediram ao governo autorização para investirem na China ou usarem mais tecnologias avançadas para ajudar a reduzir despesas e competir com concorrentes globais, como as da Coreia do Sul.

A autoridade confirmou uma notícia publicada no Economic Daily que cita o ministro da Economia, Shih Yen-shiang, dizendo que as fabricantes de painéis e chips que utilizam tecnologia avançada poderão investir diretamente na China e adquirir participações em rivais chinesas.

"Esta é a direção que estamos seguindo, mas ainda não temos um prazo de tempo", afirmou Huang Hsien-lin, chefe de uma seção do Ministério, à Reuters por telefone.

"O tempo é a coisa mais crucial. Nós temos que manter a liderança de Taiwan nas tecnologias."

A iniciativa do governo foi bem recebida por investidores e analistas.

O indicador que monitora o segmento de semicondutores saltou 3,3 por cento, superando o avanço de 2 por cento do principal índice de ações de Taiwan.

As ações da TSMC e da UMC ampliaram os ganhos iniciais, registrando alta de quase 5 por cento.

Já a AU Optronics, terceira maior fabricante de painéis de cristal líquido do mundo depois das rivais sul-coreanas, subiu 2,9 por cento.

"Se a proibição foi suspensa, pode consolidar a liderança que a TSMC e a UMC têm agora, especialmente a TSMC", disse Alex Huang, analista da Mega International Securities.

Ambas as companhias são as duas maiores fabricantes de chips sob encomenda do mundo, seguidas pela Chartered Semiconductor.

Tem havido preocupações de que a TSMC enfrentará desafios após a Advanced Technology Investment Company (ATIC), apoiada por Abu Dhabi, ter dito no início deste mês que está de olho em mais aquisições para se tornar líder global na tecnologia de semicondutores.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below