HP vê preços competitivos para PCs no fim de ano

segunda-feira, 5 de outubro de 2009 17:38 BRT
 

Por Martin Howell

NOVA YORK (Reuters) - A Hewlett-Packard, maior fabricante de PCs do mundo, espera ver uma política de preços agressiva entre seus competidores no mercado norte-americano de computação para a temporada de vendas das festas de fim de ano.

"Creio que veremos preços muito competitivos por volta de 'Black Friday'", disse Todd Bradley, vice-presidente executivo e chefe dos negócios de PCs do grupo, em referência ao tradicional dia de liquidações que segue o feriado de Ação de Graças no calendário do varejo norte-americano. "Parte (desses preços) virão de nossa parte, e parte, de nossos concorrentes".

Os preços da temporada de vendas de final de ano não serão menos competitivos que no ano passado, acrescentou em entrevista concedida durante visita a Nova York.

No ano passado, a crise financeira levou muitos consumidores norte-americanos a diminuírem seus gastos, levando as lojas, por sua vez, a oferecerem grandes descontos.

'Black Friday', dia seguinte ao Dia de Ação de Graças, é tradicionalmente considerado o primeiro dia das vendas de final de ano. O fim de semana que inclui o dia, que cairá em 27 de novembro neste ano, geralmente representa cerca de 10 por cento das vendas de final de ano.

Nos últimos meses, a Wal-Mart Stores vendeu exclusivamente em suas lojas o notebook Compaq Presario, desenvolvido em parceria com a HP, por 298 dólares. Bradley afirmou que a HP não tinha planos de vender um PC por menos que isso, embora não saiba ainda se alguns varejistas escolherão abaixar o preço.

Bradley afirmou que o consumidor continua focado em comprar produtos baratos. "Há uma equação real entre preço e valor", disse.

(Reportagem de Martin Howell)