Programas em Flash poderão ser usados no iPhone

segunda-feira, 5 de outubro de 2009 18:51 BRT
 

BOSTON (Reuters) - A empresa que desenvolveu a popular mídia Flash descobriu uma forma de traduzir o código para ser usado no aparelho iPhone, da Apple, algo que deve aumentar em muito a variedade de aplicativos existentes para o iPhone.

Softwares programados no código Flash não funcionam no iPhone e a Adobe Systems passou muitos anos, sem sucesso, tentando convencer a Apple a fazer modificações técnicas no software do aparelho para permitir o uso de programa em Flash no iPhone.

Sem um acordo, a Adobe anunciou nesta segunda-feira o lançamento de uma ferramenta para que programadores possam converter aplicativos em Flash para um outro código que funcione no iPhone.

O Flash serve para que programadores possam criar um só código que funcione em diversos tipos diferentes de computadores e aparelhos móveis, incluindo os que usam software-base do Google, da Microsoft, da Nokia e da Palm.

O iPhone era o único dos principais modelos de celular multimídia que se recusou a colaborar com a Adobe.

A nova solução encontrada pela empresa permitirá que programadores criem outro software que possa ser distribuído na loja de aplicativos da Apple.

"Basicamente, trata-se de uma ferramenta de exportação", disse um gerente do grupo de Flash da Adobe, Adrian Ludwig.

Ele afirmou em entrevista que ainda é preciso que a Apple aceite uma parceria com a Adobe para remover dois obstáculos técnicos para que aplicativos em Flash possam mesmo ser usados no iPhone.

(Reportagem de Jim Finkle)