Pioneiros da comunicação recebem Nobel de Física

terça-feira, 6 de outubro de 2009 13:23 BRT
 

Por Niklas Pollard

ESTOCOLMO (Reuters) - Um pioneiro das fibras óticas e dois cientistas que descobriram como transformar a luz em sinais eletrônicos - o que abriu caminho para a era da Internet - ganharam na terça-feira o Prêmio Nobel de Física de 2009.

Charles Kao, cientista anglo-americano nascido em Xangai, receberá metade do prêmio de 10 milhões de coroas suecas (1,4 milhão de dólares) por sua pesquisa que mostrou como a luz poderia ser transmitida a longas distâncias por meio de fibras óticas de vidro.

O canadense-americano Willard Boyle e o norte-americano George Smith dividirão a outra metade, por inventarem a primeira tecnologia bem-sucedida de formação de imagens usando um sensor digital.

"O Prêmio Nobel em Física deste ano é concedido a dois feitos científicos que ajudaram a moldar os fundamentos das sociedades em rede de hoje em dia", disse o comitê do Nobel em nota.

"Eles criaram muitas inovações práticas para a vida cotidiana e forneceram novas ferramentas para a exploração científica."

Boyle, tirado da cama para participar de uma entrevista coletiva por telefone na sede do Nobel em Estocolmo, disse que ainda não havia entendido muito bem o fato de ter ganhado o prêmio.

"Ainda não tomei minha xícara de café da manhã, então ainda estou me sentindo um pouco fora disso. Mas tenho essa adorável sensação em todo o meu corpo, tipo, 'uau, isso é realmente excitante, mas é real?'", afirmou.

COMUNICAÇÃO ULTRAPURA   Continuação...

 
<p>Imagem combinada com os retratos dos tr&ecirc;s vencedores do Pr&ecirc;mio Nobel de F&iacute;sica de 2009. Um pioneiro das fibras &oacute;ticas e dois cientistas que descobriram como transformar a luz em sinais eletr&ocirc;nicos - o que abriu caminho para a era da Internet - ganharam na ter&ccedil;a-feira o Pr&ecirc;mio Nobel de F&iacute;sica de 2009.06/10/2009.REUTERS/Scanpix</p>