Sharp prevê mercado apertado para LCDs

sexta-feira, 16 de outubro de 2009 09:53 BRT
 

SAKAI, Japão (Reuters) - A atual escassez setorial de paineis de LCD se estenderá até a metade do ano que vem, informou o presidente de uma subsidiária da japonesa Sharp, em um anúncio que visa a sustentar a confiança dos investidores quanto aos fabricantes de paineis.

"A oferta ainda não está acompanhando a procura, no momento, e antecipo que as coisas se manterão assim até a metade do ano que vem," disse Hiroshi Saji, presidente da Sharp Display Products, a jornalistas, na sexta-feira.

A oferta anda apertada devido à forte demanda nos mercados emergentes, entre os quais a China, ele disse.

No mês passado, o grupo de pesquisa DisplaySearch elevou sua projeção de embarques mundiais de TVs LCD em 2009 para 130 milhões de unidades, ou 2,4 por cento, mencionando a forte demanda em mercados importantes como a China e a América do Norte.

Saji falou depois de uma cerimônia que celebrava o início da produção na nova fábrica de paineis LCD da Sharp.

A fábrica de 4,7 bilhões de dólares é capaz de processar substratos de vidro de 10 geração, maiores que os substratos de geração anteriores, o que ajuda a reduzir os custos de produção dos paineis.

(Reportagem de Kentaro Hamada)