Itália prepara plano de universalização da banda larga

segunda-feira, 19 de outubro de 2009 08:55 BRST
 

ROMA (Reuters) - O governo da Itália preparou um plano para garantir a todos no país acesso em banda larga à Internet a partir do ano que vem, o que exigiria um investimento de cerca de 800 milhões de euros, afirmou o ministro italiano de Administração Pública, Renato Brunetta, no domingo.

O investimento para garantir que todos os usuários possam acessar à Internet com uma velocidade de transmissão de dados de 2 megabytes por segundo virá de fontes públicas e privadas, incluindo operadoras de telecomunicações, disse Brunetta a uma rádio local.

"Eu espero ter 2 MB de banda larga para todos a partir de 2010", afirmou ele, citando a necessidade de uma rede de Internet eficiente para acabar com a burocracia.

"O plano está pronto... É um problema de investimentos, mas agora apenas um impulso final é necessário."

Brunetta disse que espera conseguir autorização de autoridades relevantes até novembro para levar o plano adiante.

O órgão regulador da Itália de telecomunicações propôs em julho a criação de uma parceria público-privada para a implementação de uma rede de banda larga de alta velocidade, com financiamentos de companhias e do Estado.

Quaisquer planos para uma rede nacional devem custar bilhões de euros. Um projeto de banda larga teria implicações maiores para operadoras de telecomunicações, como a Telecom Italia.

(Reportagem de Emilio Parodi)