Analistas elevam preço-alvo para ações da Apple após balanço

terça-feira, 20 de outubro de 2009 10:32 BRST
 

20 de outubro (Reuters) - Pelo menos seis corretoras elevaram sua projeção de preços para as ações da Apple nesta terça-feira, um dia depois que os resultados da empresa para o seu quarto trimestre superaram as expectativas de Wall Street, com vendas trimestrais recordes para o iPhone e o Macintosh.

"Antecipamos crescimento ainda maior de receita para a Apple no primeiro trimestre, propelido pelo ímpeto sustentado do Mac e do iPhone," escreveu Mark Moskowitz, do JPMorgan, em relatório.

Kathryn Huberty, analista do Morgan Stanley, afirmou que o mercado está subestimando o potencial de faturamento do iPhone. "Consideramos que a distribuição e um preço mais atraente devem propelir a demanda nos dois próximos anos," escreveu Huberty em nota.

O analista Chris Whitmore, do Deutsche Bank, disse que a Apple é uma das poucas empresas de tecnologia que cresceu durante a crise econômica. "De fato, a Apple não registra um trimestre de crescimento anualizado negativo desde março de 2003," ele afirmou.

(Reportagem de Mansi Dutta em Bangalore)