Congressista dos EUA apoia reguladora sobre regras para Internet

quarta-feira, 21 de outubro de 2009 17:06 BRST
 

WASHINGTON (Reuters) - Um importante parlamentar norte-americano manifestou nesta quarta-feira seu apoio a uma proposta da Comissão Federal de Comunicações (FCC, na sigla em inglês) para estabelecer regras de Internet aberta, e que considera tomar ação legislativa caso a indústria apele contra a proposta na Justiça.

"A FCC está indo exatamente na direção certa", disse o chairman do subcomitê de Comunicações, Tecnologia e Internet da Câmara, Rick Boucher.

O democrata, do Estado da Virgínia, conversou com jornalistas após evento em que destacou o bem-sucedido uso de ondas de rádio não usadas para transmitir Internet de alta velocidade para um comunidade rural em seu distrito.

Os comentários foram feitos na véspera da reunião da comissão reguladora, marcada para quinta-feira, quando será decidido por três representantes democratas e dois republicanos se a FCC irá ou não propor a chamada regra de neutralidade de rede. Isso iria restringir o favorecimento de conteúdo por provedoras de Internet, tanto em conexões a cabo quanto sem fio.

Defensores da neutralidade de rede afirmam que provedoras de Internet como AT&T, Verizon Wireless e Comcast devem ser proibidas de bloquear ou diminuir a velocidade de tráfego de dados de seus clientes com base em conteúdo, já que certos sites geram mais receita que outros.

Mas as provedoras alegam que o crescente volume de serviços que ocupam muita banda na conexão, como vídeos, exigem um gerenciamento mais ativo sobre as redes dos usuários que acessam tais serviços.

A Verizon Wireless é uma joint-venture da Verizon Communications e da Vodafone.

Os comentários de Boucher aparecem em meio ao lobby contra a proposta da FCC.

(Reportagem de John Poirier)