Google cria obstáculo para TomTom, Garmin e Nokia

sexta-feira, 30 de outubro de 2009 10:30 BRST
 

Por Harro ten Wolde

AMSTERDÃ, 30 de outubro (Reuters) - A incursão do Google no segmento de navegação por meio de celulares torna improvável que TomTom, Garmin e Nokia recuperem algum dia grandes investimentos recentes em tecnologia de navegação.

O Google informou nesta semana que criará tecnologia GPS e de coleta de dados de estradas para a nova versão do sistema operacional Android para smartphones.

"O novo software de navegação Google para Android é uma séria ameaça aos dispositivos de navegação da TomTom, Garmin e Nokia", disse Pablo Perez-Fernandez, analista da MKM Partners, referindo-se ao software Android, do Google, para celulares.

Nokia e TomTom gastaram mais de 12 bilhões de dólares no total com a compra das firmas de mapeamento digital Navteq e Tele Atlas.

O software do Google, que oferece direções de locomoção a pé e de carro em tempo real, já estará disponível no aparelho Droid, da Motorola, a ser lançado na próxima semana.

A ferramenta afetará a TomTom de três formas: vendas de dispositivos de navegação pessoais, vendas de mapeamento digital da Tele Atlas e do software para o iPhone. A TomTom também comercializa o software para celulares que utiliza o sistema Windows, da Microsoft, mas não em volume significativo.

"O produto gratuito de navegação do Google pode mudar o jogo", disse Hans Slob, analista do Rabo Securities.

A TomTom perdeu um terço e a Garmin um quinto do seu valor de mercado --juntas, um total 1,7 bilhão de dólares-- desde o anúncio do Google, conforme investidores se perguntam se as companhias podem manter controle sobre o mercado.   Continuação...