Microsoft completa plano de demissões com 800 novos cortes

quarta-feira, 4 de novembro de 2009 19:47 BRST
 

SEATTLE (Reuters) - A Microsoft afirmou nesta quarta-feira que irá cortar mais 800 postos de trabalho em todas as suas operações, além dos 5 mil cortes já feitos sob um plano de redução de custos da empresa anunciado em janeiro.

Um porta-voz da empresa, maior fabricante de softwares do mundo, afirmou que estas últimas demissões se espalham por todas as operações globais da Microsoft, mas cerca de 200 das vagas são dos arredores de sua sede, no Estado de Washington.

A Microsoft originalmente planejava fazer um corte de 5 mil postos de trabalho, ou cerca de 5 por cento de seus 96 mil funcionários, antes de junho de 2010. O porta-voz da empresa afirmou que o plano foi ampliado com estas novas demissões e, agora sim, está completo, bem à frente do prazo esperado.

Em 23 de outubro, o quadro de funcionários da Microsoft era de 91.005 pessoas no mundo todo, segundo o site da empresa.

(Reportagem de Bill Rigby)