Louvre abriga primeira loja da Apple na França

sexta-feira, 6 de novembro de 2009 18:13 BRST
 

Por Lionel Laurent

PARIS (Reuters Life!) - A gigante da computação Apple irá abrir sua primeira loja na França no subsolo do famoso museu Louvre no sábado, apenas duas semanas após a Microsoft inaugurar um café temático para promover o novo Windows 7.

Embora a Microsoft esteja na frente na promoção de seu novo sistema operacional na França, a Apple escolheu uma excelente localização, no meio do shopping "Carrousel" do Louvre.

Ambas as empresas têm uma grande operação na França, segundo o analista Paul Jackson, da Forrester Research, mas ele afirma que a Apple, especialmente, buscava dar um brilho a mais a sua excelente imagem com sua nova loja em Paris.

"Tem muito mais a ver com o sentimento de associação a um shopping de primeira que o mercado, necessariamente", disse Jackson. Ele afirmou que a França, como mercado de tecnologia, tende a ficar atrás da Grã-Bretanha e da Alemanha, que já têm lojas da Apple.

A expansão da Apple na França se dará em meio a um cenário econômico incerto, com os gastos do consumidor no país ainda voláteis e sustentados por medidas de auxílio do governo.

Mas os gastos com aparelhos eletrônicos da moda como o iPhone da Apple provaram ser robustos. A France Telecom já vendeu 1,3 milhão de iPhones entre novembro de 2007 e setembro de 2009, enquanto operadoras novas como SFR e Bouygues Telecom já venderam outros 200 mil iPhones desde que a France Telecom perdeu exclusividade sobre a venda do produto no começo do ano.

(Reportagem adicional de Marie Mawad em Paris e Gabriel Madway em San Francisco)