Electronic Arts compra fabricante de games sociais Playfish

segunda-feira, 9 de novembro de 2009 17:14 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - A fabricante de games Electronic Arts (EA) fechou a aquisição da empresa privada Playfish por 275 milhões de dólares em dinheiro, além de outras formas de compensação, estendendo seus negócios ao crescente setor de jogos sociais.

A Playfish, empresa fundada há dois anos com sede em Londres, fabrica games para serem jogados no computador entre famílias e amigos, diferentemente dos jogos tradicionais que dependem de consoles específicos. Entres seus hits estão o game de animais de estimação virtuais "Pet Society" e o jogo de perguntas e respostas "Who Has The Biggest Brain?".

Sob o acordo, a EA pagou cerca de 275 milhões de dólares em dinheiro mais outros 25 milhões de dólares em acordos de retenção de ações, afirmou a empresa nesta segunda-feira.

Além disso, os antigos donos da Playfish ainda têm o direito a uma compensação adicional em dinheiro, de valor variável, de até 100 milhões de dólares, desde que sejam alcançadas certas metas de desempenho da empresa até 31 de dezembro de 2011.

A EA afirmou que o acordo acelera sua consolidação no setor de entretenimento em redes sociais e fortalece seu foco na transição de jogos digitais a jogos sociais.

O acordo surge num momento crucial para o mercado de videogames, que viu suas vendas despencarem este ano em meio à escassez de lançamentos famosos e à cautela de consumidores, de olho em suas despesas devido à recessão econômica.

Mesmo os cortes nos preços dos consoles PlayStation3, da Sony; Xbox, da Microsoft; e Wii, da Nintendo, nos últimos meses não tiveram um efeito muito forte sobre as vendas. Mas alguns ainda esperam que o mercado dê uma virada neste Natal, com o lançamento de novos jogos.

(Reportagem de Franklin Paul)