Motorola avalia venda de unidade de redes por US$4,5 bi--jornal

quarta-feira, 11 de novembro de 2009 16:35 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - A Motorola iniciou trabalhos para uma potencial venda de suas operações com decodificadores de TV por assinatura e equipamentos de rede por 4,5 bilhões de dólares, publicou o Wall Street Journal.

Segundo o diário, que cita fontes próximas do assunto, a Motorola está no estágio inicial de busca de compradores para os negócios que podem receber interesse de companhias de investimentos e outros fabricantes de equipamentos de telecomunicações.

A Motorola não comentou o assunto, mas informou que segue concentrada em seu plano de longo prazo para separar as atividades com celulares do restante da empresa.

"Não comentamos sobre rumores ou especulação. A separação em duas companhias públicas separadas é o objetivo público de longo prazo da Motorla", disse a porta-voz da empresa, Jennifer Erickson.

"Continuamos comprometidos com a separação e continuamos a acreditar que é a estratégica correta para posicionar a Motorola para um sucesso de longo prazo."

Segundo o jornal, o JP Morgan Chase e o Goldman Sachs estão assessorando a Motorola sobre a possível venda.

(Por Sinead Carew)