Intel pagará US$1,25 bi à AMD para pôr fim a disputas com rival

quinta-feira, 12 de novembro de 2009 13:24 BRST
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - As fabricantes de chips Intel e AMD anunciaram que chegaram a um acordo para pôr fim a todas as disputas judiciais, incluindo um litígio antitruste e o licenciamento de patentes.

A Intel informou nesta quinta-feira que pagará 1,25 bilhão de dólares para a AMD como parte do acerto, o que fez com que as ações da AMD disparassem em Nova York.

As duas empresas também selaram um acordo de cinco anos de licenças e informaram que abrirão mão de qualquer brecha que possa existir em um contrato anterior de licenciamento.

Autoridades antitruste na Ásia, Europa e Estados Unidos têm tomado decisões contra a Intel nos últimos anos diante de persistentes reclamações da AMD sobre o comportamento da Intel, cujos processadores equipam 80 por cento dos computadores pessoais no mundo.

Às 13h23 (de Brasília), as ações da AMD subiam 22,7 por cento, para 6,53 dólares. As ações da Intel exibiam ganho de 0,8 por cento, para 20,00 dólares.

(Reportagem de David Lawsky e Tiffany Wu)

 
<p>Dirk Meyer, presidente da AMD, fala durante a feira de tecnologia CES, realizada em Las Vegas, no in&iacute;cio do ano. Intel e AMD anunciaram que chegaram a um acordo para p&ocirc;r fim a todas as disputas judiciais, incluindo um lit&iacute;gio antitruste e o licenciamento de patentes.</p>