Lucro da Portugal Telecom cai 36%, mas supera expectativas

terça-feira, 17 de novembro de 2009 09:49 BRST
 

Por Elisabete Tavares

LISBOA, 17 de novembro (Reuters) - O lucro líquido da Portugal Telecom caiu 36,2 por cento no terceiro trimestre, mas superou as expectativas de analistas e mostrou uma robusta performance operacional sobretudo nas unidades de telefonia celular Vivo, no Brasil, e TMN.

Entre julho e setembro, o lucro da Portugal Telecom somou 115,9 milhões de euros, abaixo dos 182 milhões de euros de um ano atrás. A empresa incorreu em maiores encargos financeiros e aumentou depreciações e amortizações.

As receitas da maior operadora de telecomunicações portuguesa recuaram 2,3 por cento, para 1,741 bilhão de euros, e o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, na sigla em inglês) baixou 2,7 por cento, para 656,8 milhões de euros.

A média de previsões de uma pesquisa com 12 analistas previa lucro de 108 milhões de euros, receitas de 1,733 bilhão e Ebitda de 638 milhões.

"Para além da forte contribuição da Vivo, reportada anteriormente, estamos encorajados com a resiliência das tendências domésticas", afirmou o J.P.Morgan em nota.

A Vivo, maior operadora celular do Brasil --controlada pela Portugal Telecom e pela Telefonica-- já tinha divulgado lucro de terceiro trimestre de 340 milhões de reais, mais que duas vezes maior que o obtido um ano antes.

A Vivo representa cerca de 40 por cento do Ebitda da Portugal Telecom e 47 por cento das receitas.