AOL deve cortar um terço do quadro de funcionários

quinta-feira, 19 de novembro de 2009 15:35 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - A empresa de Internet AOL planeja demitir um terço de seus funcionários, ou cerca de 2,5 mil empregados, em tentativa de cortar por volta de 300 milhões de dólares em despesas anuais, como parte dos planos da Time Warner para se desfazer da empresa.

A AOL, pioneira da Web que atualmente passa por dificuldades e que deve logo se tornar uma companhia independente com foco em conteúdo financiado por publicidade, afirmou nesta quinta-feira que pediu por voluntários, mas irá fazer demissões involuntárias caso não se apresentem funcionários o suficiente.

A empresa espera ter de arcar com até 200 milhões de dólares em custos de reestruturação, dívida que será quase toda incorrida desde a data de separação da Time Warner até a primeira metade de 2010.

No começo da semana, a Time Warner afirmou que a cisão ocorrerá no dia 9 de dezembro, após nove anos tumultuados do que foi uma das mais desastrosas fusões da história.

(Reportagem de Franklin Paul)