Vivendi pode sair da NBC Universal, diz diretor financeiro

quinta-feira, 19 de novembro de 2009 15:36 BRST
 

BARCELONA (Reuters) - A Vivendi poderia se retirar do grupo midiático norte-americano NBC Universal, uma vez que não pretende fazer parte da futura joint venture planejada pela Comcast e General Electric, afirmou seu diretor financeiro nesta quinta-feira.

Philippe Capron também afirmou durante evento de mídia e telecomunicações da Morgan Stanley que a venda de sua fatia de 20 por cento na NBCU daria à Vivendi mais liberdade financeira após ter garantido o controle da operadora de telecomunicações brasileira GVT na semana passada.

"Não estamos interessados em continuar com um novo controle da GE e Comcast sobre a NBCU ... iremos sair e isso nos dará mais folga", disse Capron, acrescentando: "Ainda não estamos lá".

Capron ainda disse à Reuters, nos bastidores do evento: "Nunca estivemos tão perto de um fim para essa história".

Mas o conselho de diretores da Vivendi ainda não se decidiu sobre o caso, afirmou.

Questionado sobre se as negociações em torno da NBCU eram em relação a preço, ele disse que "muitas vezes é".

A General Electric, que controla 80 por cento da NBCU, e a Comcast já chegaram a um acordo sobre a estrutura do conselho da joint venture proposta para a NBC Universal, disse fonte com conhecimento do caso.

Qualquer acordo entre GE e Comcast dependeria da venda da parte controlada pela Vivendi.

(Reportagem de Dominique Vidalon e Georgina Prodhan)