Google diz que PCs vão iniciar em sete segundos ou menos

segunda-feira, 23 de novembro de 2009 13:28 BRST
 

MOUNTAIN VIEW, Estados Unidos (Reuters) - O novo sistema operacional que o Google está projetando vai ligar computadores tão rápido quanto uma televisão, anunciou a companhia de buscas na Web ao demonstrar o ChromeOS.

O Google ofereceu a primeira amostra pública do sistema quatro meses depois de declarar intenção de desenvolver o produto que colocará a empresa em concorrência direta com Microsoft e Apple.

Fiel às origens do Google na Internet, o Chrome OS tem aparência mais parecida com um navegador de Web do que com um sistema operacional mais tradicional, como o Windows, o que se enquadra à ambição do Google de encaminhar os usuários à Web, onde poderão ver a publicidade que o Google veicula.

A empresa anunciou que o sistema operacional estará disponível no final do ano que vem em netbooks de baixo custo que atendam às especificações de hardware do Google, como o uso exclusivo de chips de memória, e não discos rígidos mais lentos, para armazenar dados, contrariando o padrão atual.

Os netbooks acionados pelo Chrome OS só poderão usar aplicativos na Web, e os dados do usuários ficarão automaticamente armazenados na Web, na chamada nuvem de servidores de Internet, informaram executivos do Google.

"Trata-se basicamente de uma máquina para navegar na Web", disse Charlene Li, analista do Altimeter Group, em referência ao computador acionado pelo Chrome OS.

Uma máquina como essa estaria adaptada ao mundo de conexão quase constante e extremamente rápida à Web, e não carregaria o tipo de software que tornou a Microsoft famosa, já que a maior parte do trabalho caberia a grandes servidores ligados à Web que executarão programas utilizados pelos usuários e enviarão as informações de volta a aparelhos relativamente descomplicados, como os computadores acionados pelo Chrome OS.

Sundar Pichai, vice-presidente de administração de produtos na divisão Chrome OS do Google, disse que os computadores acionados pelo sistema serão acionados em menos de sete segundos.

"O que queremos é que eles sejam ligados tão rápido quanto um televisor. Basta apertar um botão e o usuário já estaria na Web usando seus aplicativos", afirmou Pichai.

 
<p>Sundar Pichai, vice-president de produto do Google apresenta navagador Chrome na sede da empresa, em setembro de 2008. Na semana passada, o executivo afirmou que o sistema operacional da companhia poder&aacute; iniciar um computador em at&eacute; sete segundos.</p>