Panasonic busca crescimento de 15 a 20 por cento em Brics

quinta-feira, 26 de novembro de 2009 08:23 BRST
 

TÓQUIO, 26 de novembro (Reuters) - A Panasonic anunciou nesta quinta-feira ter meta de crescimento na casa de dois dígitos fora do Japão nos próximos três anos, dando uma amostra do plano de negócios que deve anunciar no início do ano que vem.

A companhia, que deve divulgar nova estratégia de negócios em janeiro, busca crescimento anual de vendas entre 15 e 20 por cento nos mercados emergentes do Brasil, Rússia, Índia e China -- os países do Bric -- mais o Vietnã nos próximos três anos, afirmou à Hitoshi Otsuki, diretor-gerente da Panasonic.

A empresa ainda irá visar México, Indonésia, Nigéria, Turquia e países dos Balcãs, incluindo a Sérvia e a Macedônia, como mercados prioritários.

A Panasonic projeta crescimento anual nas vendas de 30 por cento nesses países nos três anos fiscais a partir de abril, numa estratégia de estimular a demanda entre consumidores de classe média, explicou Otsuki.

Conduzir as vendas em mercados internacionais é importante para a Panasonic pois mais da metade da receita total da empresa vem do Japão, onde a população está diminuindo e envelhecendo.