Naspers, dono do BuscaPé, aposta em unidade de Internet

quinta-feira, 26 de novembro de 2009 17:22 BRST
 

Por Tiisetso Motsoeneng

JOANESBURGO (Reuters) - O Naspers, maior grupo de mídia da África, se beneficiou do crescimento acelerado do portal de Internet chinês Tencent, ao divulgar o resultado em seu primeiro semestre fiscal. A empresa, que comprou o site BuscaPé, aposta no crescimento de seus negócios online.

O Tencent praticamente dobrou sua receita para 2,1 bilhões de rands (285 milhões de dólares), com um crescente número de internautas navegando por seus serviços de mensagens instantâneas, e-mail, buscas e games.

"Continuaremos crescendo organicamente em nossas operações de Internet e com aquisições", disse o presidente-executivo do Naspers, Koos Bekker. "Também esperamos acelerar investimentos em novos produtos e serviços nos próximos seis meses."

O recente lançamento de serviços 3G na China vem criando uma corrida entre empresas de Internet por uma fatia desse mercado de Web móvel, que chega a ser do tamanho dos mercados dos Estados Unidos e da Europa juntos.

O Naspers, que recentemente comprou uma participação de 91 por cento no grupo brasileiro de compras online BuscaPé por cerca de 342 milhões de dólares, conta com um caixa líquido de 2,4 bilhões de rands (325,7 milhões de dólares) para, em grande parte, financiar aquisições, segundo a empresa.

O grupo, que também tem operações na Rússia, Holanda, Índia e Tailândia, registrou um aumento de 6 por cento na receita semestral, para 13,5 bilhões de rands (1,83 bilhão de dólares).