Vendas do Kindle batem recorde mensal em novembro

segunda-feira, 30 de novembro de 2009 12:33 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - A varejista online Amazon.com informou nesta segunda-feira que o seu aparelho digital de leitura Kindle bateu recorde de vendas em novembro, enquanto empresas rivais ainda enfrentam dificuldade para atender a encomendas por seus dispositivos.

A Amazon.com disse que os clientes estão comprando vários Kindles de uma só vez como presentes de Natal, e que empresas estão adquirindo o dispositivo "em grandes quantidades" para dar de presente a empregados ou clientes. A Amazon.com não forneceu, contudo, números de vendas.

A declaração da Amazon.com sobre o sucesso do Kindle vem após os avisos da Barnes & Noble e da Sony aos consumidores de que os seus "e-readers" estavam esgotados antes do início da temporada de compras de fim de ano devido à alta demanda.

Apesar de a demanda comprovar o interesse dos consumidores por dispositivos dessas marcas, a Barnes & Noble e a Sony parecem ter perdido uma oportunidade de ganhar participação no mercado contra o líder Kindle.

No domingo, a Barnes & Noble disse que iria adiar a remessa do leitor recentemente lançado Nook às lojas por ainda se esforçar para entregar os dispositivos vendidos antecipadamente durante o pré-lançamento.

A loja de livros disse na semana passada que tinha reduzido a sua previsão de lucro porque espera uma temporada de compras difícil, assim como maiores custos para acelerar a produção do Nook.

(Por Michele Gershberg)

 
<p>Presidente da Amazon.com, Jeff Bezos, exibe leitor de eletr&ocirc;nico de livros Kindle. A varejista online informou nesta segunda-feira que o aparelho bateu recorde de vendas em novembro, enquanto empresas rivais ainda enfrentam dificuldade para atender a encomendas por seus dispositivos.</p>