Tripulantes da estação espacial aterrissam no Casaquistão

terça-feira, 1 de dezembro de 2009 11:12 BRST
 

Por Shamil Zhumatov

ARQALIQ, Cazaquistão (Reuters) - Três astronautas aterrissaram com segurança nas estepes congeladas no norte do Cazaquistão nesta terça-feira depois de seis meses em órbita na Estação Espacial Internacional.

A cápsula espacial russa Soyuz levando o belga Frank de Winne, o canadense Robert Thirsk e o russo Roman Romanenko aterrissou às 10h17 de Moscou (5h17 de Brasília) a cerca de 85 quilômetros ao norte da cidade de Arqaliq, no Cazaquistão.

De Winne acenava enquanto recebia ajuda para deixar a chamuscada cápsula TMA-15 que levou mais de três horas para descer da órbita da estação espacial, a cerca de 400 quilômetros acima da superfície terrestre.

"O comandante da Soyuz acaba de reportar que sua tripulação está bem", disse um oficial no controle de missão em Korolyov, perto de Moscou.

A tripulação voltará ao centro de treinamento espacial russo na Cidade das Estrelas, nas cercanias da capital, nesta terça-feira, para uma reunião com suas famílias e para treinamento em como lidar com a gravidade depois de seis meses na estação espacial, afirmou a Nasa.

O norte-americano Jeff Williams e o russo Maxim Suraev continuarão na estação espacial até a chegada de três novos tripulantes -- o russo Oleg Kotov, Timothy Creamer, da Nasa e o japonês Soichi Noguchi --- que devem deixar a Terra em uma espaçonave Souyz TMA-17 em 21 de dezembro.

(Reportagem adicional de Conor Sweeney)