Gartner reduz estimativas de vendas Garniranteriores da Acer

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009 11:17 BRST
 

Por Kelvin Soh

TAIPÉ (Reuters) - O grupo de pesquisa Gartner corrigiu números relativos a embarques de PCs pela Acer, em até 11 por cento, afirmando que os dados anteriores representavam superestimativa dos embarques reais da empresa.

Os números da Acer têm estado em foco dado os esforços muito alardeados que ela vem realizando para tomar a liderança na venda mundial de notebooks, e por ter ultrapassado a Dell e se tornado a segunda maior fabricante mundial de computadores no terceiro trimestre, de acordo com dados da IDC e Gartner.

Os dados de embarques da Acer para todos os períodos entre o primeiro trimestre de 2008 e o terceiro deste ano foram reduzidos, em alguns casos por mais de 1 milhão de unidades, de acordo com cálculos da Reuters baseados em dados oferecidos pelo Gartner.

"Com base em nossa análise, constatamos que nossos dados para os embarques da Acer eram maiores que a realidade", disse Mika Kitagawa, analista do Gartner.

Henry Wang, um porta-voz da Acer, disse que a empresa oferece orientação aos grupos de pesquisa quanto ao número de computadores embarcados a cada trimestre, mas não fez outros comentários.

A Acer, marca mais conhecida de Taiwan, anunciou que planeja elevar sua receita em mais de 70 por cento ao longo dos próximos três anos, mantendo as margens de lucro, para evitar a repetição da ascensão e queda meteóricas pelas quais passou menos de uma década atrás.

Boa parte do crescimento deve vir dos netbooks, computadores portáteis de baixo custo.

A maioria dos analistas aponta para as táticas diferenciadas de vendas adotadas pela Acer como motivo para a revisão e redução dos dados de embarque.

"O que é possível é que estejam embarcando essas máquinas a clientes como operadoras de telecomunicações, que por sua vez assumem a responsabilidade por fazê-las chegar aos seus clientes", disse Calvin Huang, analista da Daiwa Securities.