Vendas de videogame nos EUA tombam 7,6% em novembro

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009 12:19 BRST
 

SAN FRANCISCO, 11 de dezembro (Reuters) - As vendas de hardware e jogos de videogame nos Estados Unidos caíram 7,6 por cento em novembro, para 2,7 bilhões de dólares, afirmou a empresa de pesquisa NPD, com a indústria entrando com dificuldade no crítico período de fim de ano.

As vendas de hardware caíram 13,4 por cento, enquanto as de jogos caíram 3,1 por cento. Os resultados foram piores do que alguns analistas esperavam. "Isso não pode ser visto como um começo saudável para o fim do ano", disse em nota Jesse Divnich, analista na EEDAR.

As vendas de novembro incluem a chamada "sexta-feira negra", dia após o feriado de Ação de Graças, tradicional ponto de partida da época de compras de fim de ano nos Estados Unidos.

A indústria continua a cair apesar dos recentes cortes nos preços em todos os grandes consoles e o lançamento de um título popular, o "Call of Duty: Modern Warfare 2", da Activision Blizzard.

O recuo econômico este ano diminuiu o gasto em jogos e consoles dos jogadores mais casuais, dos quais a indústria depende para crescer. As vendas nos Estados Unidos acumulam queda de 12,1 por cento.

A analista da NPD Anita Frazier observa que as fortes vendas do ano passado dificultam as comparações com 2009.

"O break even parece mais longe de alcance. Para igualar o ano passado, dezembro precisa subir 36 por cento contra o mesmo mês de 2008."

O Wii mais uma vez foi o console mais vendido no mês, com 1,26 milhão de unidades, seguido pelo Xbox 360, com 820 mil unidades, e o PlayStation 3, com 710 mil.

Mas o PS3 foi o único que apresentou crescimento na comparação anual, com salto de quase 90 por cento. As vendas do Wii recuaram mais de 35 por cento ante ano anterior e o Xbox 360 perdeu apenas 2 por cento em vendas

"Modern Warfare 2" foi o jogo mais vendido, com 6 milhões de unidades para Xbox e PS3, segundo a NPD. "New Super Mario Bros. Wii" e "Assassin's Creed II" também venderam bem.