14 de Dezembro de 2009 / às 16:22 / em 8 anos

União Europeia está inclinada a aprovar acordo Oracle-Sun

Por Foo Yun Chee

BRUXELAS, 14 de dezembro (Reuters) - As autoridades regulatórias da União Europeia sinalizaram que vão aprovar a tomada de controle da Sun Microsystems pela Oracle, depois que a produtora de software dos Estados Unidos prometeu medidas para aliviar preocupações de violação a regras de concorrência.

A Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia, anunciou que está otimista quanto à possibilidade de um "desfecho satisfatório" sobre o assunto. Anteriormente, a comissão tinha objeções à aquisição, alegando possíveis restrições competitivas ao software MySQL de banco de dados, da Sun, depois da conclusão do negócio.

As ações da Sun disparavam cerca de 10 por cento, nesta segunda-feira, cotadas a 9,16 dólares, ante fechamento de 8,36 dólares na Nasdaq, na sexta-feira.

A comissão tem prazo até 27 de janeiro para aprovar ou bloquear o acordo. A aprovação evitaria divergências com o Departamento da Justiça dos EUA, que aprovou a transação.

A Oracle prometeu na segunda-feira manter o mercado aberto para que outras produtoras criassem software de armazenagem compatível com o MySQL. A empresa também afirmou que será mais aberta que os proprietários anteriores do MySQL e que não vai pedir licenças comerciais dos produtores que desenvolvem aplicações de interfaces de programação.

A Oracle também anunciou que investirá mais em pesquisa e desenvolvimento do MySQL, nos próximos três anos, do que a Sun vem fazendo, e que criará um conselho consultivo de clientes separado para os usuários do MySQL.

A Comissão afirmou em comunicado que os compromissos contratuais compulsórios assumidos pela Oracle eram "uma novidade significativa".

"Neelie Kroes, comissária europeia da competição, está otimista quanto a um desfecho positivo, mas pretende garantir que a transação não tenha impacto adverso sobre a concorrência efetiva no mercado europeu de software para banco de dados", afirma o comunicado.

O Departamento da Justiça dos EUA afirmou no mês passado que era improvável que a fusão limite a competição, depois de Kroes ter demonstrado objeção inicial ao acordo.

Críticos, porém, afirmam que as propostas da Oracle não resolvem problemas de concorrência.

"Isso é puramente cosmético, totalmente sem efeito. Nem os fornecedores de software de storage, nem os desenvolvedores de versões derivadas ou usuários empresariais terão uma base sobre a qual investir em inovação do MySQL", afirmou Florian Mueller, porta-voz do criador do MySQL, Michael Widenius.

Widenius, um dos mais respeitados desenvolvedores de software de código aberto, lançou uma campanha na Internet no final de semana para tentar obter apoio de usuários do MySQL para barrar o negócio.

A campanha de Widenius é uma resposta a uma mobilização promovida pela Oracle entre seus grandes clientes para dizer à Comissão Européia na semana passada que a compra da Sun não geraria resultados contra a competição.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below