Empresas passam de cortes de custo a investimento em TI--Gartner

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009 15:36 BRST
 

LONDRES, 14 de dezembro (Reuters) - Grandes empresas britânicas e norte-americanas estão focando agora em uma retomada do crescimento de suas receitas em 2010 e investimentos em tecnologia da informação (TI) são centrais em suas estratégias de recuperação, indicou estudo da empresa de pesquisa Gartner.

Em 2009, presidentes-executivos de grandes empresas priorizaram uma estratégia de corte de custos para lidar com a crise econômica mas, quase um ano depois, o foco para 71 por cento deles é voltar com crescimento de receita, segundo pesquisa com 190 líderes.

"Presidentes de empresas estão interessados em crescimento após um longo período segurando o fôlego e esperam aumentar a importância do setor de tecnologia da informação neste novo momento pós-crise", disse o vice-presidente de pesquisa do Gartner, Mark Raskino.

Cerca de 43 por cento dos entrevistados mostraram intenção de elevar investimentos em TI, segundo a pesquisa, ao passo que 45 por cento planejam manter o valor igual e 13 por cento estudam cortes.

O estudo do Gartner apresentou uma visão geral mais positiva que outra pesquisa, feita pelo UBS no terceiro trimestre com 102 vice-presidentes de informação e que previa uma queda de 1 por cento nos orçamentos reservados para TI nos próximos 12 meses.

A pesquisa do Gartner, conduzida no terceiro trimestre, ouviu 190 executivos de postos elevados, dos quais 81 são presidentes-executivos que administram companhias com faturamentos anuais de mais de 1 bilhão de dólares.