TIM mais que dobra seu mercado potencial com Intelig

terça-feira, 15 de dezembro de 2009 13:49 BRST
 

Por Cesar Bianconi

SÃO PAULO, 15 de dezembro (Reuters) - A TIM Participações passará a disputar um mercado mais de duas vezes maior com a operadora de longa distância Intelig --que será incorporada pela empresa-- e reduzirá em 50 por cento os custos com aluguel de redes de telecomunicações.

A terceira maior operadora celular do Brasil anunciou nesta terça-feira assinatura de acordo para incorporar a Intelig por meio de emissão de quase 517 milhões de reais em ações.

O negócio será concluído até o final deste ano e a rede da Intelig será integrada à TIM em cerca de 100 dias.

De acordo com o presidente da TIM no Brasil, Luca Luciani, com a Intelig a empresa poderá atuar com mais agressividade no mercado de telefonia fixa e de transmissão de dados para clientes residenciais e corporativos.

"Até hoje só jogamos no mercado móvel, de 50 bilhões de reais. Agora temos a possibilidade de dobrar o mercado potencial da nossa empresa", disse Luciani a jornalistas, afirmando que a TIM passará a disputar um mercado com receita anual da ordem de 120 bilhões de reais.

A meta é triplicar a receita da Intelig em três anos, para ao redor de 2 bilhões de reais. Neste ano, a controlada deve ter vendas de pouco menos de 700 milhões de reais, contra faturamento inferior a 600 milhões de reais em 2008.

"(A receita atual da Intelig) é muito pouco comparado com o que pode ser e comparado com outras empresas de telecomunicações", disse Luciani.

A TIM não revelou qual será sua estratégia comercial com a Intelig na oferta de telefonia fixa, mas indicou que deverá oferecer valor reduzido de assinatura para o serviço, como forma de fazer frente à competição das concessionárias.   Continuação...