Gartner vê queda de 11,4% no mercado de chips em 2009

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009 11:34 BRST
 

Por Tarmo Virki

HELSINQUE, 17 de dezembro (Reuters) - A empresa de pesquisa Gartner melhorou estimativas sobre o mercado de semicondutores em 2009, mas afirmou nesta quinta-feira que o mercado ainda deve cair 11,4 por cento, para 226 bilhões de dólares.

Em outubro, o Gartner havia previsto uma queda de 17 por cento.

"O segmento de PCs foi o primeiro a recuar, seguido posteriormente ao longo do ano por outros setores refletindo a confiança do consumidor, como o de celulares e automóveis", afirmou Stephan Ohr, diretor de pesquisa de semicondutores na Gartner, em comunicado.

"O gasto empresarial foi profundamente afetado pela recessão e continua lento para se recuperar", disse ele.

A maior fabricante mundial de semicondutores, a Intel, verá sua fatia de mercado subir levemente para 14,2 por cento, segundo a Gartner.

A segunda maior do setor, a Samsung Electronics, e a Hynix, sétima do mercado, devem apresentar alta de 2 por cento na receita de 2009, principalmente por conta da estabilização dos preços dos chips de memória.

"Os fabricantes de memória reduziram o investimento nos últimos anos e as restrições no fornecimento dos componentes elevaram os preços", afirmou a Gartner. "A oferta de chips flash NAND ficou escassa no início de 2009; com a DRAM ocorreu o mesmo no segundo trimestre de 2009, fazendo os preços decolar."