Base de celulares no Brasil encosta em 170 milhões em novembro

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009 13:16 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O total de assinantes de celulares no Brasil encostou nos 170 milhões em novembro, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A base de linhas celulares teve adição de 1,72 milhão de usuários no mês, para 169,75 milhões. Do total de linhas, 82,3 por cento são de telefones pré-pagos e 17,7 por cento de pós-pagos.

No ano até novembro, houve expansão de 19,1 milhões de assinantes. Considerando esse mesmo intervalo de anos anteriores, o desempenho só fica aquém do registrado nos 11 primeiros meses de 2008, quando houve 26,08 milhões de novas habilitações.

A Vivo, líder do mercado, superou a marca de 50 milhões de clientes.

Com 50,2 milhões de clientes, a operadora controlada por Telefónica e Portugal Telecom tinha fatia de 29,57 por cento do mercado nacional de celulares no mês passado.

Em seguida aparece a Claro, do grupo mexicano América Móvil, com 43,1 milhões de clientes e participação de 25,42 por cento.

Em terceiro está a TIM, da Telecom Italia, com market share de 23,75 por cento e um total de 40,3 milhões de assinantes.

A Oi tinha no fim de novembro 35,5 milhões de clientes, o que representa 20,89 por cento da base total de usuários de celular no país.

As participações de mercado das empresas permaneceram praticamente estáveis no mês passado quando comparadas a outubro.