RIM supera Palm mas não consegue pôr fim a todas as dúvidas

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009 12:15 BRST
 

OTTAWA (Reuters) - A Research in Motion (RIM), fabricante do BlackBerry, pode ter superado tanto suas projeções quanto as estimativas de mercado para seu resultado trimestral, mas não eliminou todas as dúvidas sobre o seu poder de resistência.

Em contraste, a Palm anunciou resultado trimestral decepcionante na última semana, devido a uma queda na demanda, e analistas afirmam que a empresa provavelmente se concentrará em ampliar vendas no curto prazo, e não seus lucros.

Em um mercado cada vez mais competitivo para os celulares inteligentes, a RIM mais que sustentou sua posição no terceiro trimestre, e anunciou crescimento especialmente forte nos mercados ao consumidor e internacional. Também deve ter superado as expectativas dos analistas para o quarto trimestre em curso.

O primeiro round na luta dos celulares inteligentes foi vencido pela RIM, afirmaram os analistas Phillip Huang e Maynard Um, do UBS, mas a segunda etapa da batalha parece destinada a ser mais difícil.

"A concorrência no setor de celulares deve crescer, da parte de concorrentes tradicionais e não tradicionais, que poderão usar os preços como incentivo para conquistar ganhos de volume", afirmaram os analistas em relatório, no qual elevaram suas projeções de receita e para os preços das ações da empresa.

A RIM embarcou o volume recorde de 10,1 milhões de celulares no terceiro trimestre, e deve embarcar entre 10,6 milhões e 11,2 milhões de aparelhos no trimestre em curso, com preço médio unitário de 320 dólares.