FBI investiga invasão de hackers ao Citigroup, diz jornal

terça-feira, 22 de dezembro de 2009 13:22 BRST
 

22 de dezembro (Reuters) - O FBI está investigando uma invasão ao Citigroup que resultou no roubo de dezenas de milhões de dólares, afirmou o Wall Street Journal, citando fontes no governo dos Estados Unidos.

O ataque feito por hackers que acredita-se estarem relacionados a uma gangue russa teve como alvo um subsidiária do Citibank, segundo o jornal, acrescentando que não ficou claro se os hackers tiveram acesso ao sistema do banco diretamente ou através de terceiros.

Duas outras instituições, incluindo uma agência governamental norte-americana, foram atacadas por hackers, de acordo com o jornal, citando fontes próximas ao ataque ao Citibank.

Acredita-se que os ataques ao Citi ocorreram em meados do ano, mas investigadores dos Estados Unidos suspeitam que o ataque possa ter ocorrido um ano antes, publicou o Wall Street Journal.

"Não tínhamos brechas no sistema e não houve perdas, prejuízo aos clientes nem ao banco", afirmou ao jornal Joe Petro, diretor-gerente dos serviços de investigação e segurança do Citigroup.

"Qualquer alegação de que o FBI está trabalhando um caso no Citigroup envolvendo dezenas de milhões em perdas simplesmente não é verdade", disse ele.

A assessoria de imprensa do FBI não pode ser contatada imediatamente para comentar o assunto, enquanto um porta-voz do Citigroup em Hong Kong não estava imediatamente disponível para comentar o assunto.