Vendas da Micron superam previsões com alta em preços de chips

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009 11:29 BRST
 

Por Alexei Oreskovic

SAN FRANCISCO (Reuters) - A Micron Technology registrou seu primeiro lucro trimestral em quase três anos, uma vez que a alta nos preços de chips de memória elevou as vendas além das expectativas de Wall Street.

As ações da Micron saltaram mais de 20 por cento nas três semanas anteriores à divulgação do resultado trimestral da companhia no final da terça-feira, durante as quais se foi criando uma grande expectativa de recuperação na demanda do setor.

Executivos da Micron afirmaram que a popularidade dos smartphones e a nova leva de PCs contendo o recém-lançado sistema operacional Windows 7 da Microsoft têm ajudado a melhorar a demanda por seus chips.

Fabricantes de chips vêm retomando o crescimento após uma longa crise no setor.

A Micron não está passando pela queda na demanda típica desta época do ano, já que as empresas de PCs compram componentes bastante antes da temporada de Natal para que fabriquem os computadores que estarão nas lojas, segundo o vice-presidente de vendas globais da Micron, Mark Adams.

"Estamos vendo uma forte demanda neste final de ano", disse Adams.

A Micron teve lucro líquido em seu primeiro trimestre fiscal de 204 milhões de dólares, ou 0,23 dólar por ação. Analistas esperavam, em média, lucro de 0,07 dólar por ação, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S, mas não está claro se a estimativa é comparável ao lucro líquido ou ao resultado antes de itens extraordinários.

O analista Vijay Rakesh, da ThinkEquity, afirmou que mesmo excluindo o 1,3 bilhão de dólares de títulos conversíveis que a Micron usou para seu lucro por ação, sob novos padrões de contabilidade, a empresa ainda registrou um lucro de 0,20 dólar por ação.   Continuação...