Net compra direitos de uso de longo prazo de rede da Embratel

terça-feira, 29 de dezembro de 2009 19:45 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A operadora de serviços de telecomunicação e TV a cabo Net anunciou nesta terça-feira que fechou contratos de longo prazo para uso da rede de transmissão de dados da Embratel.

Segundo a Net, contratos atuais de capacidade de rede da Embratel de curto prazo e sem garantia de continuidade foram trocados por acordos de longo prazo e irrevogáveis.

A empresa não citou detalhes sobre os contratos nem a capacidade de rede que contratava no backbone IP da Embratel.

Em comunicado ao mercado, a Net informou que a nova estrutura de contratos permitirá "melhora da margem Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) sem qualquer alteração material em seu fluxo de caixa".

A operadora divulgou que os novos contratos "foram estabelecidos conforme os atuais preços praticados no mercado e as práticas internacionais de utilização de infraestrutura de terceiros".

A troca na estrutura se deu diante das perspectivas de crescimento do uso da banda larga no Brasil e de "elevados custos de construção de uma rede própria".

No terceiro trimestre, a Net tinha uma base de clientes de acesso rápido à Internet de 2,79 milhões, um crescimento de 35 por cento sobre o mesmo período de 2008.

A companhia anunciou na semana passada adesão ao programa de Internet popular do Estado de São Paulo, estimando entre 1,5 milhão e 1,8 milhão o número de clientes potenciais do novo serviço.

Nos acordos com a Net, a Embratel também acertou contratos de "Aquisição de Direito Irrevogável de Uso de Capacidade" para oferta de serviços de telefonia fixa.

Tanto a Net como a Embratel tem entre os acionistas o grupo mexicano de telecomunicações Telmex.

(Por Alberto Alerigi Jr.)