Sharp, Enel e STMicro se unem para fabricar painel solar

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010 16:38 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - A japonesa Sharp criará uma joint-venture com a Enel e a STMicroelectronics até março para fabricar células solares na Itália, em uma tentativa de se preparar para o potencial crescimento da demanda por fontes renováveis de energia.

A fabricante de eletrônicos Sharp e a empresa de serviços públicos Enel anunciaram em 2008 suas intenções de fabricarem células solares com uma empresa europeia, mas na época elas não identificaram a terceira empresa envolvida.

A joint-venture planeja iniciar a produção de células solares no começo de 2011 na unidade existente da STMicroelectronics na Sicília, com uma capacidade inicial de produção de 160 megawatts por ano, que eventualmente será elevada a 480 megawatts.

Além de empréstimos bancários, cada parceiro da joint-venture investirá até 70 milhões de euros no projeto, informou a Sharp em comunicado.

A Sharp, a fabricante franco-italiana de chips STMicroelectronics e a Enel Green Power, uma empresa do grupo Enel, terão um terço cada uma da joint-venture.

A Sharp e a Enel Green Power firmarão ainda outra parceria para gerar eletricidade usando painéis solares fabricados pela primeira joint-venture que envolve as empresas e a STMicroelectronics.

(Reportagem de Kiyoshi Takenaka)