Grupo de consumidores italianos planeja processar a Microsoft

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010 15:03 BRST
 

FLORENÇA, Itália (Reuters) - Um grupo de consumidores italianos está planejando abrir um processo contra a Microsoft, procurando compensações pelo Windows pré-instalado em computadores para pessoas que não o querem.

A associação de consumidores Aduc afirmou na terça-feira que irá apresentar o caso em um tribunal de Florença.

A medida contra a Microsoft, maior empresa de software do mundo, chega após uma lei entrar em vigor na Itália na última sexta-feira permitindo que associações de consumidores processem por grupos de consumidores.

"Casos individuais afetam um número limitado de usuários", disse o presidente do conselho da Aduc, Vincenzo Donvito, à Reuters.

"Dessa forma, como há um grande número de usuários envolvidos, e com a importância da questão do mercado livre, decidimos tomar uma ação coletiva legal contra a Microsoft".

Representantes da Microsoft não estavam disponíveis para comentar a questão.

(Por Silvia Ognibene e Sara Rossi)