Grupo diz que chamadas de celular são seguras contra hackers

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010 15:12 BRST
 

BOSTON (Reuters) - Um grupo da indústria de telefonia móvel afirmou que conversas por celular estão protegidas contra grampos, mesmo depois que um especialista alemã em segurança divulgou um código para decodificar ligações feitas por telefones móveis no mundo inteiro.

Houve receio na semana passada de que ligações de celular poderiam ser facilmente interceptadas após o especialista em codificação Karsten Nohl ter divulgado os resultados de sua pesquisa durante o maior evento de hackers da Europa, em Berlim.

A GSM Association, grupo da indústria com sede em Londres, afirmou que investiu os últimos anos para descobrir como evitar que hackers consigam grampear ligações por celular usando o estudo de Nohl, do qual tem conhecimento desde 2007.

Engenheiros da associação descobriram uma solução de curto prazo para bloquear grampos, disse James Moran, chefe de segurança do grupo. O plano envolve fazer pequenas mudanças na configuração da rede de cada operadora.

As operadoras podem rapidamente fazer esses ajustes em configurações já existentes na tecnologia, disse Moran em entrevista.

"As pessoas deviam ficar preocupadas? Creio que não", afirmou.

A pesquisa de Nohl se aplica à tecnologia GSM, usada por 80 por cento dos celulares no mundo inteiro.

Ao longo dos próximos anos, as operadoras GSM adotarão um novo padrão de codificação de conversas, mais difícil de quebrar, segundo Moran.