Tribunal dos EUA reabre ação antitruste sobre download de música

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010 19:50 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - Um tribunal federal de recursos dos Estados Unidos reabriu nesta quarta-feira um processo antitruste que acusa as grandes gravadoras de conspirarem para fixar preços e termos sob os quais seus catálogos de músicas seriam vendidos pela Internet.

O tribunal de Nova York afirmou que um juiz de primeira instância teria errado ao recusar o processo, que alegava haver violações de um ato federal de outubro de 2008.

Entre os acusados estão Bertelsmann, EMI Group, Sony, Time Warner, Vivendi e Warner Music e várias afiliadas.

Segundo os autores da ação, as gravadoras criaram joint-ventures e licenças que resultaram na criação de pisos de preço artificiais para downloads de músicas na Internet.

(Por Jonathan Stempel)