Argentina apelará da decisão sobre venda de ativo da Tel Italia

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010 16:35 BRST
 

BUENOS AIRES (Reuters) - A Argentina afirmou nesta segunda-feira que entrará com recurso contra uma decisão judicial que suspendeu o prazo dado à Telecom Italia para vender sua participação na controladora da Telecom Argentina, Sofora.

O ministro do Planejamento argentino, Julio de Vido, disse que o governo irá pedir que o Congresso intervenha na empresa local de telecomunicações caso a Telecom Italia não cumpra com a determinação do ano passado do órgão antitruste do país.

"Não hesitamos em fazer o que precisa ser feito caso esses truques judiciais continuem. Quando necessário, iremos intervir e analisar o caso de verdade", disse ele em entrevista coletiva.

Na semana passada, o presidente-executivo da Telecom Italia, Franco Bernabe, afirmou que um tribunal de recursos argentino havia suspendido a ordem para que a empresa venda sua fatia na controladora da Telecom Argentina até 25 de agosto.

O órgão antitruste argentino tinha determinado a data como prazo máximo para que a companhia italiana vendesse seus ativos no setor de telecomunicações local, após uma revisão dos negócios no país controlados pela espanhola Telefónica, que é acionista da Telecom Italia.

A Telefónica controla a Telefónica Argentina, outra principal empresa de telecomunicações do país ao lado da Telecom Argentina.

(Reportagem de Karina Grazina e Helen Popper)