Vendas da Ericsson caem 13%, mas lucro fica perto do esperado

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010 08:16 BRST
 

Por Simon Johnson

ESTOCOLMO (Reuters) - A fabricante de equipamentos de telecomunicações Ericsson apresentou nesta segunda-feira uma queda maior que a esperada nas vendas trimestrais, com as operadoras de telecomunicações reduzindo seus investimentos, enquanto os cortes de custos ajudaram a deixar o lucro operacional quase dentro das previsões.

A maior fabricante mundial de equipamentos de telefonia móvel afirmou que as vendas de rede foram afetadas pelo desaquecimento, apesar de ter mantido sua fatia de mercado em todos os seus segmentos.

A empresa novamente preferiu não apresentar perspectivas no incerto clima global.

"Você sabe, o mercado está fraco, mas alguém pode ter esperado uma recuperação no quarto trimestre", disse Michael Anderson, do Evli Bank.

"Eles foram salvos por cortes de custos, e esse provavelmente será o caso em 2010, então não é um desastre. Mas é difícil ver qualquer saída nisso quando as vendas caem tanto."

O lucro operacional da empresa, excluindo as joint ventures e custos de reestruturação, foi de 7,5 bilhões de coroas suecas (1 bilhão de dólares), quase atingindo as previsões.

As vendas foram de 58,3 bilhões de coroas suecas, 2,5 por cento menos que as previsões do mercado e 13 por cento menores que no ano anterior. A receita na unidade de rede caiu 16 por cento na comparação anual.