Após forte resultado trimestral, Siemens deve revisar previsões

terça-feira, 26 de janeiro de 2010 08:43 BRST
 

Por Marilyn Gerlach

MUNIQUE (Reuters) - O conglomerado alemão Siemens apresentou um surpreendente crescimento no lucro de seu primeiro trimestre fiscal, ajudado por cortes de custos, e informou que irá revisar suas perspectivas para 2010 após o forte início para o novo ano.

Analistas afirmaram que as previsões da empresa para o atual ano fiscal são muito cautelosas e baseadas em suposições de queda nos preços dos produtos.

"As medidas que tomamos precocemente agora estão amortecendo os efeitos da recessão global sobre nós", afirmou o presidente-executivo da Siemens, Peter Loescher.

As ações da empresa subiam 2,8 por cento, para 66,40 euros, às 8h41 (horário de Brasília).

No ano passado, a Siemens reduziu seus custos administrativos e de vendas em 1,2 bilhão de euros (1,7 bilhão de dólares).

"Continuamos realistas frente ao instável ambiente de negócios e o desafio resultante dele. Em meados do nosso ano fiscal, na metade do caminho, revisaremos nossas previsões", disse Loescher a jornalistas.

A empresa, que fabrica produtos que vão desde turbinas e trens até aparelhos de surdez, reiterou que espera 5 por cento de queda nas vendas para o ano fiscal até setembro, para 73 bilhões de euros. O lucro operacional deve cair para entre 6 bilhões e 6,5 bilhões de euros, contra 7,47 bilhões de euros no ano passado.

O lucro operacional da empresa cresceu 11 por cento, para 2,255 bilhões de euros (3,19 bilhões de dólares), no período de outubro a dezembro, enquanto analistas esperavam uma queda de 10,6 por cento, segundo pesquisa Reuters.

"Dado atual ambiente do mercado, os números são excelentes", disse a analista Karsten Oblinger, do banco DZ, em relatório.