Microsoft tem lucro maior no 2o trimestre fiscal

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010 10:30 BRST
 

SEATTLE (Reuters) - A Microsoft divulgou nesta quinta-feira um lucro trimestral 60 por cento maior, com ajuda das vendas do novo sistema operacional Windows 7.

Apesar de fortes, os resultados vieram em linha com o esperado por Wall Street e falharam ao não impressionar alguns investidores que aguardavam números surpreendentes. As ações da maior fabricante mundial de softwares estavam praticamente estáveis no pregão "after-hours" em Nova York.

A Microsoft teve lucro líquido de 6,7 bilhões de dólares no segundo trimestre fiscal, ou 0,74 dólar por ação, ante 4,2 bilhões de dólares, ou 0,47 dólar por ação, um ano antes.

Excluindo os efeitos extraordinários de pré-vendas do Windows 7, o lucro por ação foi de 0,60 dólar.

A receita cresceu 14 por cento na mesma base de comparação, para 19,02 bilhões de dólares, incluindo um efeito não-recorrente de 1,71 bilhão de dólares também pelo Windows 7. Sem isso, o faturamento seria de 17,31 bilhões de dólares no trimestre.

Rivais como IBM, Google e Apple superaram as previsões médias de Wall Street ao reportar os últimos balanços trimestrais, mas viram suas ações caírem ou subirem pouco em seguida.

(Reportagem de Bill Rigby)

 
<p>O fundador da Microsoft, Bill Gates, participa de sess&atilde;o em Davos. A Microsoft divulgou nesta quinta-feira um lucro trimestral 60 por cento maior, com ajuda das vendas do novo sistema operacional Windows 7.29/01/2010.REUTERS/Christian Hartmann</p>