Samsung, Hynix e mais 7 estão na mira da União Europeia--fontes

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010 10:19 BRST
 

Por Foo Yun Chee

BRUXELAS, 3 de fevereiro (Reuters) - Samsung Electronics, Infineon, Hynix e mais sete outras fabricantes de chips devem enfrentar em breve acusações da União Europeia de fixação de preços, afirmaram quatro fontes próximas do assunto.

Além dessas empresas, enfrentarão acusacões Micro Technology, Hitachi, Toshiba, Mitsubishi Electric e Nanya Technology, disseram as fontes.

"Um comunicado de objeções deve ser divulgado na sexta-feira", afirmou uma das fontes, referindo-se a uma das acusações da Comissão Europeia, o braço executivo do bloco de países.

A Infineon informou em dezembro do ano passado que o órgão de regulação da concorrência da UE abriu procedimentos formais contra a empresa sobre suspeita de práticas anticompetitivas no mercado europeu de memórias DRAM, usadas em computadores, por exemplo.

As fontes afirmaram que as companhias devem acertar um acordo com a Comissão sob um novo procedimento introduzido em 2008, possivelmente marcando a primeira vez em que empresas admitem tomar parte em cartel em troca por desconto de 10 por cento em multas.

A Comissão pode impor penalidades de até 10 por cento do faturamento de uma companhia que infringir regras da UE.

Autoridades regulatórias da Coréia do Sul encerraram em 2007 investigação sobre suspeita de fixação de preços por Samsung, Micron, Hynix e Infineon.

Um executivo da Samsung admitiu responsabilidade em abril de 2007 sobre prática de fixação de preços durante uma longa investigação do governo dos Estados Unidos sobre o mercado de chips de memória de computadores.

 
<p>Foto de vidro na sede da Samsung em Seoul. Samsung Electronics, Infineon, Hynix e mais sete outras fabricantes de chips devem enfrentar em breve acusa&ccedil;&otilde;es da Uni&atilde;o Europeia de fixa&ccedil;&atilde;o de pre&ccedil;os, afirmaram quatro fontes pr&oacute;ximas do assunto. REUTERS/Lee Jae-Won 29/01/2010</p>