Produtoras de videogames esperam virada em 2010

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010 19:16 BRST
 

Por Gabriel Madway

SAN FRANCISCO (Reuters) - As produtoras de videogames devem começar a emergir em 2010 de uma das piores crises setoriais já registradas, mas os investidores continuam cautelosos sobre um setor que vem sendo atingido por más notícias.

Com um 2009 lastimável enfim deixado para trás, as expectativas quanto ao setor não são muito positivas, no momento em que algumas das produtoras mais importantes de videogames se preparam para divulgar os números da crucial temporada de festas.

Isso pode representar uma oportunidade de compra em um setor cujo desempenho no ano passado ficou inferior à média do mercado, na opinião de alguns analistas.

Muitos deles esperam que as vendas de software de videogame cresçam robustamente este ano ante os níveis deprimidos de 2009, e afirmam que os investidores podem ter sido negativos demais quanto ao setor, especialmente a Activision Blizzard, cujas ações continuam atraentes.

A mais valiosa das produtoras independentes de videogame do planeta tem suas ações negociadas a 14 vezes sua receita esperada para 2010, ou 11 vezes, excluídas suas reservas de caixa. Os analistas dizem que é um preço baixo para uma empresa com receita recorrente e margens de lucro atraentes geradas pelo imenso sucesso de seu jogo online para múltiplos jogadores "World of Warcraft."

"Vimos o bastante para nos animar, com a situação macroeconômica estabilizada", disse Mike Bickey, sócio da Janco Partners. Ele acrescentou que as avaliações das ações do setor parecem atraentes e que até mesmo "os investidores que procuram valor estão farejando esse segmento."

É certo que ninguém está prevendo desempenho estelar de um setor que enfrenta custos crescentes de produção e crescimento mais fraco nos jogos casuais e de música.

De fato, há questões quanto aos esforços da problemática Electronic Arts, responsável pela série "Madden NFL," cujas ações continuam avaliadas generosamente. E o movimento nas ações da Take-Two Interactive Software, responsável pela série "Grand Theft Auto," é alimentado principalmente pelas especulações quanto às intenções do bilionário investidor ativista Carl Icahn.

(Reportagem de Gabriel Madway)

 
<p>O jogo online para m&uacute;ltiplos jogadores "World of Warcraft", da Activision Blizzard, foi um grande sucesso em 2009. REUTERS/Ina FAssbender</p>