Saída de estrangeiros da Bovespa em 2010 alcança R$2,5 bi

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010 14:25 BRST
 

SÃO PAULO, 9 de fevereiro (Reuters) - Os investidores estrangeiros continuaram a sacar recursos da bolsa brasileira na semana passada, levando o saldo negativo de suas operações com ações a 2,549 bilhões de reais no ano, informou a BM&FBovespa nesta terça-feira.

Foram 449,7 milhões de reais em saídas líquidas na semana passada, que se somam aos 2,1 bilhões do primeiro mês do ano. O Ibovespa caiu 4 por cento na semana passada em meio a temores sobre a saúde fiscal de países europeus.

"Eu tenho a impressão que neste mês vai haver uma saída quase igual a janeiro. Talvez um pouco menos pelo número de dias", disse Miguel Daoud, economista da Global Financial Advisor. "Mas depende muito lá de fora", ponderou.

Além do aumento da aversão a risco no cenário externo, Daoud vê o surgimento de outras oportunidades para os estrangeiros em mercados emergentes após a intensa valorização do Ibovespa no ano passado.

"O Brasil, apesar de ter todas as condições macroeconômicas satisfatórias, já teve uma alta fora de série na bolsa (no ano passado)", explicou.

Apesar disso, os números referentes ao fluxo de câmbio, divulgados pelo Banco Central, mostram que parte dos recursos retirados pode estar sendo mantido no Brasil. Em janeiro, houve superávit de 1,215 bilhão de dólares em operações financeiras.

Em outubro do ano passado, o governo instituiu um imposto de 2 por cento sobre o ingresso de recursos para o investimento em ações e renda fixa no Brasil.

Nesta sessão, o Ibovespa se recuperava com alta de 2,17 por cento, aos 64.526 pontos.

(Por Silvio Cascione)