Presidente do MySpace renuncia com queda de popularidade do site

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010 19:50 BRST
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - A News Corp substituiu o presidente da rede social MySpace menos de um ano após contratá-lo, e afirmou que ambos os lados concordaram com a saída do executivo após uma conversa sobre suas prioridades.

Owen Van Natta foi substituído por Mike Jones e Jason Hirschhorn, que atuarão como co-presidentes, informou a News Corp na noite de quarta-feira.

A News Corp comprou o MySpace em 2005 por 580 milhões de dólares. Desde a aquisição, o site perdeu sua posição de maior rede social do mundo para o Facebook, que hoje conta com cerca de 400 milhões de usuários ativos.

O presidente da News Corp, Rupert Murdoch, substituiu o co-fundador do site Chris De Wolfe por Van Natta no ano passado, apostando no ex-vice-presidente do Facebook para renovar a empresa.

Mas a recuperação da popularidade do MySpace no mundo de novidades a cada minuto da Internet provou ser difícil. E analistas têm se mostrado duvidosos de que o MySpace conseguirá renovar seu acordo de publicidade de 300 milhões de dólares por ano com o Google, que expira este ano, sob termos tão lucrativos quanto da primeira vez.

A News Corp afirmou durante a teleconferência sobre seu balanço trimestral na semana passada que a receita com publicidade e buscas no MySpace caiu e que está demorando mais que o esperado para atingir as metas de receita do site.

"Owen assumiu uma responsabilidade incrivelmente difícil de tentar reorientar e revitalizar o MySpace, e o negócio tem mostrado sinais positivos recentemente como resultado de seu trabalho dedicado", disse o presidente-executivo da News Corp Digital Media, Jon Miller.

"No entanto, ao conversar com Owen sobre suas prioridades, tanto pessoais como profissionais, para o futuro, nós dois concordamos que seria melhor que renunciasse no momento. Queria agradecer a Owen por todo seu esforço".

Jones e Hirschhorn também entraram na empresa em abril de 2009, junto com Van Natta.