UE vai aprovar parceria Yahoo-Microsoft em buscas--fontes

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010 17:21 BRST
 

Por Foo Yun Chee

BRUXELAS, 12 de fevereiro (Reuters) - A Microsoft deve conseguir a aprovação incondicional da União Europeia para seu acordo de buscas com o Yahoo, um marco no setor liderado pelo Google, segundo afirmaram fontes próximas ao assunto nesta sexta-feira.

A produtora norte-americana de softwares e a empresa de Internet fecharam um acordo de parceria global em buscas de 10 anos em julho, que ainda precisa ser aprovado por reguladores para entrar em vigor.

A Comissão Europeia, órgão executivo da UE, tem até o dia 19 de fevereiro para decidir se aprova ou bloqueia o acordo.

O órgão pode estender o prazo para sua avaliação e solicitar soluções caso avalie que a transação possa afetar negativamente concorrente ou consumidores. Esta sexta-feira foi o último dia para a Microsoft enviar propostas do tipo.

A empresa não submeteu nenhuma proposta, afirmou uma fonte.

"Espero que haja aprovação sem qualquer condição na próxima sexta-feira", disse a fonte.

Especialistas afirmaram que quaisquer preocupações regulatórias são mínimas devido à predominância do Google no mercado de buscas.

O Google conta com 90 por cento de participação no mercado de buscas, ante os 7,4 por cento do Yahoo e do Bing, da Microsoft, juntos, de acordo com dados de novembro da empresa de pesquisas de Internet StatCounter.