Microsoft renova software móvel de pouco sucesso

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010 14:24 BRST
 

Por Georgina Prodhan e Bill Rigby

BARCELONA/SEATTLE (Reuters) - A Microsoft lançou a esperadíssima atualização de seu software para celulares nesta segunda-feira, com o objetivo de renovar o péssimo desempenho da maior fabricante de softwares do mundo no setor móvel.

A Microsoft, que tenta recuperar a fatia do mercado que perdeu para o iPhone, da Apple, e o BlackBerry, da Research in Motion, afirmou que o Windows Phone 7 irá cuidar de todos os aspectos da vida de executivos, incluindo redes sociais, jogos e música.

A Microsoft ficou com apenas 8,8 por cento do mercado de sistemas operacionais móveis global no ano passado, segundo o grupo de estudos de tecnologia Canalys, ante os 13,9 por cento registrados pela empresa no ano anterior.

O software fica bem atrás do líder de mercado, Symbian, que opera em celulares da Nokia, além dos smartphones BlackBerry e iPhone. Também há o perigo de que seja superado pelo novo Android, do Google, que já conta com uma fatia de 4,7 por cento do mercado.

Os principais clientes da Microsoft continuam sendo corporativos, enquanto suas concorrentes ampliaram seu público-alvo para consumidores mais jovens ao reduzirem seus preços. A Microsoft também é a única das principais fabricantes de softwares para celulares que cobra uma taxa de licenciamento das fabricantes de aparelhos.

 
<p>O presidente-executivo da Microsoft, Steve Ballmer, apresentou o novo Windows Phone 7 no MobileWorld Congress em Barcelona. 15/02/2010 REUTERS/Albert Gea</p>