Setor de smartphones crescerá com modelos mais baratos--Symbian

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010 10:05 BRST
 

Por Tarmo Virki

BARCELONA, 17 de fevereiro (Reuters) - O mercado de smartphones continuará a crescer fortemente este ano à medida em que os fabricantes apresentam modelos mais novos, baratos e reduzem os preços dos antigos, tornando-os mais atraentes para uma audiência maior.

Os primeiros smartphones Symbian com preços não subsidiados de 100 euros (137 dólares) chegarão ao mercado este ano, disse à Reuters o chefe da plataforma de smartphones mais usada no mundo em entrevista durante a Mobile World Congress.

"Este ano veremos alguns poucos produtos chegando a esse ponto", disse Lee Williams, chefe da Symbian Foundation.

Os celulares mais baratos da Nokia com Symbian a venda no momento custam entre 120 e 130 euros, sem subsídios das operadoras.

Os fabricantes de componentes como a Qualcomm e Infineon devem ter um papel chave para possibilitar smartphones mais baratos ao reduzir os custos através do volume de fabricação e inovação tecnológica.

"As operadoras estão pedindo mais smartphones de baixo custo para reduzir os custos de subsídio e verem o mercado com mais serviços de dados", disse o analista Neil Mawston, da Strategy Analytics. "Smartphones de custo menor impulsionarão as vendas de fabricantes, mas também pressionarão preços de venda e as margens de lucro", acrescentou.

Os preços de smartphones estão caindo mais rapidamente à medida em que os fabricantes disputam agressivamente maior fatia do mercado.

"A Symbian está bem posicionada para dominar o crescimento no mercado de smartphones por conta de sua proximidade com a Nokia e forte presença em mercados emergentes como a China", disse Mawston.