Acionistas da Tel Italia discutem fusão com Telefónica--jornal

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 07:39 BRST
 

MILÃO (Reuters) - Importantes acionistas da Telecom Italia começaram negociações entre si sobre o futuro da companhia, incluindo a possibilidade de uma fusão com a espanhola Telefónica, publicou o Financial Times nesta quinta-feira.

As discussões foram descritas por alguns dos participantes como "muito informais" e "inteiramente preliminares", afirma o jornal, citando pessoas próximas do assunto.

As conversas envolvem em particular os três maiores acionistas da Telecom Italia, os grupos financeiros Mediobanca, Intesa Sanpaolo e Assicurazioni Generali.

O diálogo segue-se a sinais emitidos este mês de que o governo italiano estava relaxando sua oposição a qualquer aquisição ou possível cisão da Telecom Italia, a maior operadora de telecomunicações da Itália e que no Brasil opera com a operadora celular TIM Participações.

Fontes próximas da situação afirmaram há uma semana que negociações preliminares tinham começado entre as companhias.

"Há discusões entre acionistas italianos para entender se e como uma transação deste tipo poderia ser factível", publicou o jornal, citando um fonte.

A fonte afirmou que o objetivo é entender se uma fusão com a Telefónica poderia ser feita. A companhia espanhola é a principal integrante do grupo de acionistas Telco, que detém 22,45 por cento da empresa italiana.

No Brasil, a Telefónica mantém, entre outras operações, telefonia fixa, por meio da Telesp no Estado de São Paulo, e móvel, com a Vivo, em que divide o controle com a Portugal Telecom.

(Por Ian Simpson)